segunda-feira, 14 de maio de 2018

Mimar o ninho

segunda-feira, 14 de maio de 2018
Olá☺deixem-me começar por vos agradecer todas as palavras e estímulos que recebo ao que vou fazendo no meu Lado B. Sinto-me muito grata e cada vez com mais vontade de criar e partilhar coisas bonitas convosco. Muito, muito obrigada!
Tenho já uma série de ideias preparadas para desenvolver nos próximos meses, mas para já continuo para bingo com uma grande encomenda iniciada em meados de Março. Pensei que ia conseguir terminá-la mais cedo, no final de Abril, contudo o fio ainda me corre pelos dedos e a agulha não pára de se agitar. Até ao momento já contabilizei mais de cem horas de trabalho e ainda tenho mais algumas pela frente. Estou no forcing final, a contagem decrescente já começou e a conclusão aproxima-se a passos largos. O resultado, esse já aparece e estou certa de que faz bem aos olhos.  Vale muito a pena todo e qualquer segundo gasto a crochetar, olharmos para os trabalhos que estamos a fazer, vê-los crescer  e a deslumbrar os nossos olhos. Sentimos um enorme orgulho, dizemos "fui eu que fiz" e o arrepio de felicidade percorre-nos a espinha. É uma grande sensação, sem dúvida que é. Foi também durante este período de tempo, e tal como já partilhei convosco na publicação anterior, que recebi um outro desafio, a colocação de peças fazbemaosolhos na Olá Breiner e tal como prometido hoje mostro-vos alguns dos items que levei para a loja, agora em ambiente caseiro para vermos como podem funcionar dentro das nossas casas. Existem sempre pequenos cantos que acabam por se destacar e ganhar mais vida com os mimos que lhes fazemos, digam lá se não é verdade. Cá vai.
 . 
O que vêem acima é um dos cantos da nossa sala de jantar. A luz não é a melhor para fotografar mas que a guirlanda ficou bem na parede, isso ficou. Seguem-se fotos tiradas nos espaços mais luminosos da nossa casa, a varanda fechada, que fica colada à minha sala de trabalho, e uma das nossas casas de banho. Sim malta, tiro muitas fotos nessa casa de banho, tem uma luz extraordinária, difícil de encontrar nas outras divisões.


Vamos regressar novamente ao canto da sala de jantar. Outra vez menos luz mas a coisa deu-se e esta guirlanda dá aquele toque ao meu armário escuro. Este armário comprei-o no Porto numa loja que tinha coisas tão a meu gosto. Não me lembro do nome, era algo ligado à palavra Terra, tinha um estilo muito próprio, meio rústico, cujas peças na sua maioria eram feitas à mão. A mesa de refeições também veio dessa loja, é grande e muito bonita. Um destes dias hei-de apresentar por aqui uma tour à nossa casa... reservo-me sempre um pouco quando toca a revelar o nosso ninho, mas como gosto muito de decoração e de mimar os meus espaços hei-de fazê-lo com o pretexto de vos mostrar algumas peças feitas aqui pela je e sei que reconhecerão algumas, pois já foram destaque por aqui.  Ok, mais um tema para publicações futuras, pronto. Tenho mesmo que me organizar!
 .
A seguir podem ver um destaque de um louceiro que me acompanha há mais de vinte anos. Comprei-o num ferro velho em Almada. Quando o descobri era um armário em muito mau estado, estava pintado de cor de laranja, aaaahhh socorro!!! mas mesmo assim, olhei para ele e sabia que tinha de o levar comigo. Na altura lembro-me de ter perguntado ao senhor da loja se conseguiam tirar a tinta e deixar a descoberto a madeira e encerá-la. Foi isso que aconteceu. Tem um vidro partido, rachado, já vinha assim, faz parte da história do móvel e não lhe quero mexer. Gosto dele como é.


.
Bom, os xailes não foram pensados para enfeitar móveis... pendurei-os ali enquanto fotografava outras peças, achei piada e pumba, levaram com uma foto! Aahh, esperem lá. Estão a ver aquela caixa no chão meio escondida, arrumada ao lado do armário? É muito antiga e já não está em perfeito estado, mas guarda um pequeno tesouro, uma máquina de costura portátil Oliva. Tem quase tantos anos quantos eu tenho, uma data deles, portanto. Um destes dias terei de a mandar arranjar e usufruir dela.
E é isto, entre a reprodução de trabalhos e a experimentação de novos desenhos e materiais, estes foram alguns dos items que levei comigo para a Olá Breiner e que aos poucos irão mimar outros ninhos, pelo menos assim o desejamos. Também levei pequenas mantas e bebé esta e esta, ambas criadas em 2015 e reproduzidas mais recentemente, também levei esta uma versão de um modelo desenhado por mim, a White Mountains Blanket. Aproveito para dizer-vos que caso desejem obter informações sobre algum destes items, por favor contactem-me pelo endereço de email que encontram na barra lateral do blog.
Espero poder ter contribuído um bocadinho que seja para a vossa inspiração e espero ter conseguido roubar-vos um ou outro sorriso.
Tenham dias felizes ❤


Até já!
Ana Lado B




domingo, 29 de abril de 2018

Olá Breiner!

domingo, 29 de abril de 2018
Hoje falo-vos do desafio que me foi feito recentemente, o tal de que vos falei na publicação anterior. Há umas semanas recebi um email da Sílvia Pina, uma bloguer com uma marca própria de roupa e acessórios para crianças, que me disse ir inaugurar a 21 de Abril um novo espaço no Porto, a Olá Breinere que gostaria muito de ter peças fazbemaosolhos na sua nova loja. Como sempre, para mim é motivo de muita felicidade e grande orgulho o facto de alguém querer peças feitas por mim, neste caso também foi motivo de alguma ansiedade pelo facto de eu ter em mãos (ainda tenho) outros discos pedidos e antever a dificuldade que teria na gestão do meu tempo para responder a todos os pedidos. Note-se que a acrescentar tenho um Lado A no activo que me ocupa todos os finais de tarde e noites, restando-me as manhãs e alguns inícios de tarde para usufruir do meu Lado B, nada mal, eu sei, mas mesmo assim desta vez gostaria de ter tido mais umas horas por dia. Lá me organizei e criei algumas peças novas para juntar a outras que já tinha prontas, conseguindo entregar tudo na véspera da inauguração. Perfeito! São esforços que valem a pena, que acabam sempre por se traduzir naquele sorriso quando vês os teus trabalhos expostos numa montra, ali, à disposição dos olhos de quem passa. É muito bom, sim senhora, e algo me diz que vai correr muito bem. A loja é bonita, está com muito bom gosto, tem uma luz natural que dá um belíssimo destaque a todos os artigos e depois, ver as peças feitas por mim ao lado de outros trabalhos de autor sinceramente enche-me o peito, faz-me esquecer os dias menos fáceis para poder ter tudo pronto a horas e só reforça a minha vontade de continuar a dar expressão aos meus devaneios no crochet.
Ontem tive de voltar à loja e aproveitei para tirar umas fotos com o telemóvel, mas a coisa deu-se. Deixo-vos com algumas imagens da Olá Breiner





.
Numa próxima, publicarei imagens das peças que criei propositadamente para a Olá Breiner, tiradas em ambiente caseiro para verem o efeito decorativo das mesmas. Espero que os vossos olhos tenham gostado do que viram e já sabem, caso visitem o Porto, ou se moram por estes lados, não hesitem em procurar a Olá Breinerque fica no nr.372 da Rua do Breiner. Entrem e desfrutem, serão muito bem recebidos pela Sílvia e pelo Raúl.
Antes de me despedir, só uma curiosidade. Hoje à tarde eu, o mais que tudo e os filhos vamos trabalhar em algo que nos próximos tempos merecerá um destaque aqui no fazbemaosolhos. Não, não é crochet, mas é também Lado B ❤
Desejo-vos um excelente domingo, aproveitem e desfrutem do ar livre caso a chuva não vos impeça. Por aqui parece já ter chovido tudo, o Sol raia entre as nuvens convidando-nos a sair e a usufruir do ar livre. Dava jeito que se mantivesse assim até ao final da tarde...

Até já!
Ana Lado B



Faz bem aos olhos | Crochet - Crafts - Lifestyle © 2014